Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Money, Money, Money

por a-de-alice, em 16.12.15

Devo emprestar dinheiro???

 

Claro que à primeira reação nós dizemos NÃO.
 
Mas é quase impossível não nos depararmos com esta situação com parentes próximos ou amigos queridos aos quais não queremos magoar ou até nos sentiremos constrangidos se não ajudarmos.
 
Pois este pedido quando nos é colocado é muito dificil negar a ajuda, pelo menos a mim é.
 
 
A questão deveria ser colocado ao contrário 
 
Devo pedir dinheiro emprestado???
 
Em momentos de aflição é a saída mais fácil, pedir dinheiro emprestado, geralmente a um familiar ou amigo que sabemos tem dificuldade em dizer "não".
Pedimos, ele empresta, situação resolvida
 
Talvez pareça uma boa solução, mas será boa ideia?

“Pedir emprestado é como um casamento; devolver é como um funeral.” — provérbio suaíli.

 

AHHH, o dinheiro não era "dado"...

Pois algum dia terás de o devolver e geralmente esta devolução nunca parte de quem no momento de aflição te foi pedir dinheiro.

 

Quais são os perigos em pedir dinheiro emprestado?

 

“Pegar dinheiro emprestado de um amigo destrói a amizade.”

 

É verdade, uma dívida pode colocar em risco amizades e relacionamentos. Por melhores que sejam as nossas intenções, as coisas nem sempre saem como planeamos.

A pessoa que emprestou o dinheiro quer ser reembolsada no prazo que foi combinado e pode ficar irritada se o dinheiro não for devolvido. Isso pode criar ressentimento, e o relacionamento entre as duas pessoas pode ficar abalado. 

Esta situação fica pior quando tentamos reaver o que é nosso e a pessoa que outrora chorou e estava em apuros, agora fica chateada, sim fica chateada, por lhe estares a lembrar que ela te deve dinheiro.

Passa a tratar-te com indiferença a ver se tu esqueces... a ver se "ganhas vergonha" e pares de pedir o que emprestaste.

E não é que ás vezes até consegue, pois porque ficamos com "peso na consciência" de estarmos a pedir o que é nosso.

Diz-nos que sabe que nos deve, que quer pagar, mas não sabe nem quando nem como. 

Mas o que mais "dói" nesta situação toda é que a vida dela continua, não se privam de nada para poupar e pagar a quem devem.

 

" Enquanto tolos emprestam, ajuizados não compram"

 

Nunca devemos tirar vantagem de uma pessoa. Ela não tem a obrigação de nos ajudar. Se nos ajudou é porque queria e porque tem bom coração.

Mesmo que a pessoa que emprestou pareça não precisar do dinheiro, a obrigação de cumprir com o compromisso mantém-se. 

Então, certifica-te de devolver o que pediste emprestado e faz isso o quanto antes. Se a pessoa que te emprestou o dinheiro não estipular uma data para o pagamento, devemos pagar o quanto antes. 

Deves pagar o que deves e agradecer a quem, num momento de aflição te ajudou.

 

AGRADECER SEMPRE

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)





Comentários recentes